FUNDAÇÃO CULTURAL
DE CRICIÚMA
\\ Biblioteca e Arquivo Histórico de Criciúma seguem abertos em dois turnos
Nos locais as normas restritivas de combate à covid-19 estão sendo seguidas rigorosamente
  • Data: 10/08/2020 - 06:26:00
  • Última Atualização: 17/11/2020 - 06:31:56
  • Texto: Letícia Ortolan
  • Foto: Arquivo/Decom
$noticia->title

A Biblioteca Municipal Donatila Borba e o Arquivo Histórico Pedro Milanez, que funcionam anexos ao Teatro Elias Angeloni, seguem abertos das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. Em tempos de pandemia, as regulamentações de normas restritivas estão sendo seguidas rigorosamente, e só é permitida a entrada de duas pessoas por vez nos locais.

Desde o infantil ao adulto, a Biblioteca Municipal conta com mais de 2 mil livros disponíveis. Para realizar o empréstimo, é preciso fazer um cadastro com documento com foto e comprovante de residência. Após essa etapa, é permitido que o leitor leve seu primeiro livro para a casa, com o prazo de dez a 15 dias para a entrega. “Na primeira vez permitimos a pessoa levar apenas um livro, já nas próximas deixamos levar mais, podendo chegar até três”, explicou a coordenadora da biblioteca, Débora Regina Cândido.

Para ter controle dos empréstimos, é feita uma vistoria semanal nos cadastros. Desta forma, os funcionários conseguem ter um controle dos livros que foram emprestados e dos que têm disponíveis. Se o leitor ultrapassar o prazo de entrega, ele é notificado sobre o retorno ou da opção de renovar o registro. Também é permitido que a leitura seja feita na própria biblioteca.

No Arquivo Histórico, são disponibilizados materiais de informações para atividades escolares e acadêmicas ou até mesmo a escritores que querem desenvolver sua obra literária. Jornais a partir de 1955 e cerca de 30 mil fotografias históricas podem ser consultadas após realizar o cadastro de pesquisador. De acordo com a coordenadora, Marieli Rodrigues Corrêa, o recomendado é que a pessoa ligue antes no número (48) 3445-7001, agendando um horário para não haver aglomeração no ambiente.

O agendamento ou consulta de materiais também podem ser feitos pelo e-mail arquivohistoricodecriciuma@gmail.com. “Essa é uma forma de facilitar até mesmo para os pesquisadores que não tem muito tempo disponível, se for da preferência dele podemos deixar os materiais já separados, desde que nos informe quais são”, enfatizou Marieli. Diferente da biblioteca, os documentos do arquivo não podem ser levados para casa, apenas consultados no local.

 


Copyright © Diretoria de Tecnologia da Informação | Prefeitura Municipal de Criciúma